quarta-feira, 20 de junho de 2007

MOUSSORGSKY, Modest - Khovantchina

Pouco depois de fazer a revisão de Boris, Moussorgsky começou a planejar uma nova ópera russa. “Parece-me”, escreveu Stassov, “que o contraste e o choque entre a velha e a nova Rússia, a morte da primeira e o nascimento da segunda, dariam um soberbo assunto. Moussorgsky concordou e pôs mãos à obra com todo o entusiasmo. Os estudos a que procedeu, relativos à seita Raskolniky da antiga Rússia (os velhos crentes) e ás crônicas russas do séc. XVII, requeriam enorme labor. As muitas e longas cartas que me escreveu por essa época eram cheias de minúcias sobre suas pesquisas e de opiniões a respeito da música, personagens e cenas da ópera. As melhores partes da obra foram compostas entre 1872 e 1875.”
A ópera nunca foi terminada, e depois da morte, o final e a orquestração foram completados por Rimsky-Korsakov.Tanto o Prelúdio com o Entreato da ópera vem gozando de muita aceitação nos concertos sinfônicos. No Prelúdio é descrito o nascer do sol de um dia de inverno sobre o Kremlin. É uma pintura cheia de tons de cinza e sombrios. A dança das escravas realiza-se na primeira cena do quarto ato, quando as escravas do Príncipe Ivan dançam para ele, entoando-lhe louvores. A música é de febris acentos e de ritmo arrebatador. O Entreato serve de prefácio à segunda cena do quarto ato e descreve a marcha Galitsin para o exílio, enquanto os sinos das igrejas dobram lúgubremente.

Um comentário:

Joshua disse...

It's so nice for me to have found this blog of yours, it's so interesting. I sure hope and wish that you take courage enough to pay me a visit in my PALAVROSSAVRVS REX!, and plus get some surprise. My blog is also so cool!

Feel free off course to comment as you wish and remember: don't take it wrong, don't think that this visitation I make is a matter of more audiences for my own blogg. No. It's a matter of making universal, realy universal, all this question of bloggs, all the essential causes that bring us all together.

I think it's to UNITE MANKIND that we became bloggers! Don't see language as an obstacle but as a challenge and think for a minute if I and the rest of the world are not expecting something like a broad cumplicity. Remenber that pictures talk also. Open your heart and come along!!!!!